Desconhecem-se ainda as causas desta falha, que não é inédita. Já em 2015 o Facebook esteve indisponível em todo o mundo por breves minutos.

A rede social Facebook esteve esta quarta-feira em baixo,  para inúmeros utilizadores de todo o mundo. Uma das dificuldades sentidas era: aceder ao Facebook sem actualização no feed.

 

Esta falha foi sentida tanto na versão web, como nas aplicações para dispositivos móveis.

 

O caso foi reportado por mais de 10 mil utilizadores no espaço de duas horas, tanto na Europa como nos Estados Unidos da América. A primeira falha foi detectada logo ao início da tarde, pelas 15:00 do dia de ontem. Em Portugal, os problemas começaram manifestar-se pouco depois das 16:00.

 

Para quem tentava entrar na rede mais popular, aparecia a mensagem de que o serviço estaria em “manutenção obrigatória” e que, por isso, iria estar em baixo por “algumas horas”.

“O Facebook vai voltar em breve. Neste momento, o Facebook está indisponível para manutenção obrigatória, mas deves poder voltar dentro de algumas horas. Entretanto, lê mais sobre o motivo desta mensagem. Obrigado pela tua paciência enquanto melhoramos o site”

Alguns utilizadores registaram ainda problemas com outras aplicações associadas ao Facebook, como Instagram e o Whatsapp.  Alguns utilizadores do Whatapp relataram dificuldades na utilização do serviço de mensagens, nomeadamente ao nível de carregamento de imagens e áudio.

Os representantes da rede social, garantem que não se tratou de um ataque DDoS, ou seja, um ataque de negação de serviço, na tradução literal, que impede o normal funcionamento da rede.

Esta falha acabou ainda por afectar indirectamente serviços como a plataforma de música Spotify ou a aplicação de encontros Tinder, uma vez que são maioritariamente acedidas através de contas do Facebook.

“Estamos ao corrente de que algumas pessoas estão a ter dificuldades neste momento em aceder à família de aplicações do Facebook. Estamos a trabalhar para resolver o problema o mais rapidamente possível”, lê-se numa mensagem publicada pelo Facebook no Twitter.

Também o Instagram recorreu ao Twitter para informar que tinha consciencia de que existia um problema e o estava a tentar resolver: “Sabemos que isto é frustrante, a nossa equipa está a trabalhar arduamente para resolver o mais rapidamente possível”.

No dia de hoje, o Instagram já voltou a estar operacional, contudo o Facebook, afectado pela mesma falha, está ainda indisponível para alguns utilizadores espalhados pelo mundo. A notícia de que o Instagram voltou a estar operacional foi dada pela própria empresa através do Twitter. “Eeeee…. Estamos de volta”, lia-se na mensagem, que vinha acompanhada por um GIF de Oprah Winfrey.

Um porta-voz do Facebook confirmou à Reuters a falha parcial, mas não forneceu ainda mais nenhuma actualização. Ainda continuam, a ser sentidas algumas falhas na rede social de Mark Zuckerberg.

A falha desta quarta-feira acontece um dia depois de vários produtos do Google terem também registado dificuldades, nomeadamente o Gmail, o Google Drive e o Google Maps. Contudo, no entanto e até à data não há qualquer informação de que haja algum relacionamento entre ambos.